Oficina de Escrita Criativa, com Rodrigo Petronio

Oficina de Escrita Criativa, com Rodrigo Petronio
3d6zwei

Oficinas

Oficina de Escrita Criativa,
com Rodrigo Petronio

Fevereiro a Junho / 2019
Quintas-Feiras, 19h às 22h

FEVEREIRO 28
MARÇO 14, 21, 28
ABRIL 04, 11, 18, 25
MAIO 02, 09, 16, 23, 30
JUNHO 06, 13, 27

Duração: 16 encontros [4 meses]
Duração do Encontro: 3 horas
De 28 de fevereiro a 27 de junho de 2019
Quando: Quintas-Feiras, das 19h às 22h
Total: 48 horas|aula

Emitimos certificado final de participação na Oficina de Escrita Criativa.

Informações e inscrições apenas por e-mail: [email protected]

A escrita de um texto pressupõe o uso consciente de diversos recursos expressivos da linguagem: musicalidade, palavras, ritmo, imagens, frases, parágrafos, diálogos, pausas. E também se baseia na busca do que será dito: enredo, estrutura, personagem, conceitos, narrador, ideias, ou seja, os motivos do texto.

A Oficina de Escrita Criativa é fruto de mais de dez anos de experiência do professor Rodrigo Petronio ministrando oficinas e cursos livres. Oferece técnicas para o desenvolvimento de textos em diversos gêneros, como ensaio, poesia, conto, crônica ou romance.

Isso é possível porque a Oficina não é concebida tendo em vista um gênero isolado, mas sim a própria categoria Texto, em suas estruturas elementares.

Essas estruturas ficam explícitas por meio da técnica do close reading [leitura focada]. A partir dela, é possível visualizar a microscopia do texto. E, assim, desenvolver essa mesma percepção na produção de textos próprios.

A Oficina de Escrita Criativa explora a criação verbal a partir de ferramentas como o autoficção, metaficção, escrita de si, cadernos do escritor e o atlas da memória.

Essas ferramentas de escrita apoiam-se sobretudo no Atlas Mnemosyne de Aby Warburg e no conceito de biografema de Roland Barthes. Valem-se também da dupla abordagem da literatura desenvolvida por Northrop Frye: o modo e mito. Os modos são as diversas maneiras de narrar. O mito é a busca do que será narrado.

A partir dessas abordagens, a Oficina se apoia em obras e em autores como referências para desenvolver ferramentas e exercícios. Explora a carpintaria dos textos. Revela os instrumentos utilizados pelos escritores para atingir determinados fins. Explicita como os textos conseguem produzir determinados efeitos sobre os leitores.

A Oficina também trabalha com modos de evitar os principais vícios, cacoetes, redundâncias, erros, deslizes e equívocos de linguagem.

Em termos práticos, a Oficina visa à produção de textos autorais, que serão comentados e avaliados, coletiva e individualmente. Um dos intuitos da Oficina também é fazer uma ponte com o mercado editorial e indicar o manuscrito/original do aluno para uma eventual publicação.

Não é preciso ter experiência em literatura para participar da Oficina. A Oficina de Escrita Criativa se destina não apenas àqueles que queiram desenvolver uma carreira de profissional de escritor, mas a todos os interessados em aprimorar as técnicas da escrita.

CURRÍCULO BREVE

Rodrigo Petronio nasceu em 1975, em São Paulo. É escritor e filósofo. Professor Titular da FAAP, onde atua como professor-coordenador de dois cursos de pós-graduação: Escrita Criativa e Roteiro para Cinema e Televisão. Professor da Escola Roteiraria, onde ministra cursos nas interfaces entre roteiro, literatura e narratividade. Autor, organizador e editor de diversas obras. Atualmente desenvolve pós-doutorado no Centro de Tecnologias da Inteligência e Design Digital (TIDD|PUC-SP). Doutor em Literatura Comparada pela UERJ, realizou doutorado-sanduíche como bolsista Capes na Stanford University, sob orientação de Hans Ulrich Gumbrecht. Formado em Letras Clássicas [USP], tem dois Mestrados: em Ciência da Religião [PUC-SP], sobre o filósofo contemporâneo Peter Sloterdijk, e em Literatura Comparada [UERJ], sobre literatura e filosofia na Renascença. Também na FAAP é professor da pós-graduação em História da Arte e da graduação em Jornalismo. Membro desde 2014 do Laboratório de Estudos Pós-Disciplinares do Instituto de Estudos Brasileiros da Universidade de São Paulo [IEB-USP]. Criou e ministra desde 2014 a Oficina de Escrita Criativa na Casa Contemporânea. Há quinze anos ministra oficinas e cursos livres em diversas instituições como a Casa do Saber, a Fundação Ema Klabin, o Sesc, o CineSesc e o Museu da Imagem e do Som [MIS], onde criou e coordenou por dois anos o Centro Interdisciplinar de Narratividade. Cofundador do curso de Criação Literária da Academia Internacional de Cinema [AIC], foi professor e coordenador deste curso por quatro anos [2006-2010]. Durante sete anos foi professor-coordenador do Centro de Estudos Cavalo Azul [2002-2009], fundado pela poeta Dora Ferreira da Silva. Durante três anos coordenou grupos de leitura do Instituto Fernand Braudel [2006-2009]. Atua no mercado editorial há vinte e dois anos [1995-2017]. Trabalhou com leitura crítica de informação no jornal Folha de S.Paulo [2000-2002]. Há dezoito anos colabora regularmente com diversos veículos da imprensa, sendo atualmente colunista da revista Filosofia e colaborador regular dos jornais Valor Econômico, O Estado de S.Paulo e O Globo. Publicou quase duas centenas de artigos, resenhas e ensaios em alguns dos principais veículos da imprensa brasileira. Recebeu prêmios nacionais e internacionais nas categorias poesia, prosa de ficção e ensaio. Tem poemas, contos e ensaios publicados em revistas nacionais e estrangeiras. O livro Pedra de Luz foi finalista do Prêmio Jabuti 2006. A obra Venho de um País Selvagem recebeu o Prêmio Nacional ALB/Braskem de 2007, além de ser contemplada com o Prêmio da Fundação Biblioteca Nacional.

Currículo Lattes: lattes.cnpq.br/7536475464385205
Contato: [email protected]