DIÁLOGOS

DIÁLOGOS
3d6zwei

DIÁLOGOS

“DIÁLOGOS” foi pensado para incentivar a troca de experiência entre dois artistas com produções diferenciadas entre si, considerando que é justamente nas diferenças que os diálogos se tornam mais ricos.

A cada versão essas diferenças podem assumir várias formas, linguagens, conceitos ou mesmo expografias potencializadas por um “dialogo” entre artistas, um mediador e público que irá para plataforma virtual ampliando seu alcance.

Para a primeira versão teremos as artistas Rita Balduino e Cecilia Pastore. Mídias digitais e pintura, tecnologia e tradição, cores disformes e cores formadoras. Ou não!

Venha DIALOGAR também,  dia 23/05/2015, 11h.
na Casa Contemporânea
Rua Capitão Macedo, 370 – Vila Mariana
Grátis

Cecilia Pastore

Graduada em Arquitetura pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Mackenzie, 1976. Estudou desenho, história da arte , pintura e instalação com Carlos Fajardo, Paulo Pasta, Agnaldo Farias, Charles Watson, Rodrigo Naves e Dudi Maia Rosa. Participou de exposições como: “Tão perto, tão longe” no Espaço Cultural Água Branca – SP (2014); Haicaiimagem” no Espaço Cultural  Água Branca – SP (2013); “Pigmento #2” na Casa Contemporânea – SP (2012); “Pigmento” no Centro Rudolf Steiner – SP e A Beleza da Diferença na Faculdade Estácio – SP (2011); 1ª colocada no prêmio Suvinil na CAD Brasil –  Casarão das Rosas – SP (2007). Vive e trabalha em São Paulo.

Rita Balduino

Formada em Psicologia e pós graduada em Artes Visuais pelo Centro Universitário Belas Artes. Em sua pesquisa a artista elege a imagem digital como procedimento de linguagem, ponto de partida para outras técnicas e suportes, incluindo instalação, fotografia, vídeo e objetos. Participou das exposições individuais Sombrio Universo da Luz” no espaço Papel de Gente em SP – integrante do projeto SPEstampa 2015. Janela Muda”, no Museu Paulo Setúbal em Tatuí – SP – 2014 e na Casa Contemporânea – SP – 2013 e das coletivas “O Espaço através da Imagem” na Fauna Galeria curadoria de Denise Gadelha – SP – 2014; 13o. Festival Internacional da Imagem – Colômbia – 2014; Projeto Vitrinas do Masp – SP, com curadoria de Regina Silveira – 2014 entre outras. Recebeu Prêmio Referência Especial do Júri no 10o. Salão de Arte Contemporânea de Marília – 2013; Menção Honrosa na Mostra de Artes Visuais do Espaço Cultural São Paulo Tower – 2010. Vive e trabalha em São Paulo.

Marcelo Oliveira Salles

Formou-se em arquitetura e urbanismo pela Universidade Mackenzie em 1993.

Curador, crítico e pesquisador independente, com ênfase em artes visuais e arquitetura. Foi responsável pela curadoria de exposições como Singulares (2015), Arte é o execício experimental da liberdade – Individual de Helena Carvalhosa (2013), A Grande Alegria (2011), na Casa Contemporânea, 140 caracteres (co-curadoria-MAM SP, 2014), entre outras.

Coordena grupos de estudo e/ou produção e acompanhamentos de artistas.

Criou e dirige, juntamente com Marcia Gadioli, o espaço cultural Casa Contemporânea, desde de 2009, em São Paulo, SP. Nasceu em São Paulo, capital, onde vive e trabalha.