Grupo Sem Nome (por enquanto)

Grupo Sem Nome (por enquanto)
Zwei Arts

Grupos

Grupo Sem Nome (por enquanto)

Orientação e Coordenação de Marcelo Salles e Marcia Gadioli

sem nome (por enquanto) é um grupo formado por artistas com linguagens diversas. Em dois encontros mensais, o grupo assume uma proposta dinâmica, que associando teoria a prática, articulam novas perspectivas para a produção individual, esta desenvolvida pela(o) artista em seu espaço pessoal e discutida no grupo, visando a construção coletiva de novas ideias, projetos e exposições.

Datas: Quartas-feiras – segundas e quartas semanas de cada mês
Horário: das 10h30 às 12h30

O grupo sem nome (por enquanto) é formado pelxs artistas: Anita Colli, Brigitte Arker, Consuelo Vezarro, Edilaine Brum, Edu Silva, Lucimar Bello, Marina de Falco, Roberta Bottcher, Rosa Grizzo, Selma Fukai e Vitória Kachar Hernandes.

Conheça a primeira exposição deste grupo na Casa Contemporânea:

artistas

Edilaine Brum

blank

Edilaine Brum é graduada em Artes pela Faculdade Claretiana.

Tem como interlocutor individual o curador Marcelo Salles.

Dentre as exposições coletivas que participou, destacam-se: Ocupação Artística Cândido Ferreira – Site Specific [Campinas, SP]; Exposição Terres Indigènes [Clayes-sous-Bois, França]; SAC Salão de Arte Contemporânea [Piracicaba, SP]; e 15º Salão de Artes de Guarulhos [SP] entre 2019 e 2018; Exposição Internacional de Arte Contemporanea [Porto, Portugal]; e Salão de Artes de Vinhedo, em 2015; e a Exposição Carrousel du Louvre, 15a Édition de la Foire Internationale d’Art Contemporain [Paris, França] em 2014.

Recebeu Prêmios em 2019, Medalha de Ouro no 82º Salão Ararense; 2018 e 2010, Medalha de Bronze no Salão Ararense; 2015, Menção Honrosa 33º Salão de Artes de Rio Claro; e em 2012, Menção Honrosa Salão de Artes de Franca, SP.

Possuí obra no Acervo Público da Pinacoteca de São Caetano do Sul, SP.

Instagram: @brumedilaine

Edu Silva

blank

Edu Silva vive e trabalha em São Paulo.

É artista visual graduado em Produção Multimídia. Em seu ateliê dedica-se às artes visuais e a projetos gráficos, após um percurso como diretor de arte e docente em comunicação visual. Complementa sua formação artística frequentando cursos livres, grupos de estudos e acompanhamentos em arte e processos.

De suas exposições individuais, destacam-se: [In] Fluxos Cromáticos no Centro Adamastor; Autorretrato na Galeria Vértice; Mestiçagem na Casagaleria; Rupturas no MAB e na Casa da Xiclet.  Das Coletivas: XXI e XX Bienal Internacional de Cerveira; 25º Salão de Artes Plástica da Praia Grande, 49º e 51 º SAC de Piracicaba; Pintura Expandida na Galeria Virgílio e PIN•CÉU na Funarte.

Premiado em 2ª lugar na 10ª edição do Salão dos Artistas sem Galeria e em 1º lugar no XXXVII Salão de Artes de Rio Claro. Possui obras no acervo das Bienais de Cerveira e de La Havana.

Instagram: @edusilva.art

Rosa Grizzo

blank

Rosa Grizzo é artista visual graduada pela UNESP-Bauru. Vive e trabalha em Jaú [SP]. De 1998 a 2012 fez estudos e orientação de trabalhos com Carlos Fajardo, Artur Lescher, Georgia Kyriakakis, Luise Weiss entre outros. Participou de cursos como Aperfeiçoamento “Aprendizagem da Arte e Cultura Contemporânea” [USP] com Ana Mae Barbosa; História da Arte com Agnaldo Farias; Pintura Contemporânea com Leda Catunda; Imagem e Palavras; com Edith Derdik e Noemi Jafet; Verdade e Falsidade na Filosofia com Nazareno E. Almeida; entre outros.

Participou de exposições coletivas em espaços públicos dos estados: RJ, MG, RS, SC. Na Casa das Rosas e SESC Pinheiros [SP]. Suas s últimas foram no SUBSOLO Laboratório de Arte em Campinas e Pinacoteca Municipal de S.Caetano em 2019 e Instituto Adelina [SP] em 2018. Participou do 38º SAC Luiz Sacilotto [Sto. André] em 2010 e  X Bienal do Recôncavo [Bahia] em 2010. Prêmios: Elisabete Anderle, Gov.Sta.Catarina ”Projeto 365” e aquisição SAC Luiz Sacilloto.

Instagram: @rosagrizzo

Lucimar Bello

blank

Nascida nas Minas Gerais, Lucimar Bello vive e trabalha atualmente em São Paulo, Brasil.

Artista visual e escritora, trabalha com desenhos, assemblages, instalações, vídeos, performances e livros de artista.

É Pós-Doutora em Comunicação e Semiótica e Pós-Doutora no Núcleo de Estudos da Subjetividade, ambas pela PUC-SP. Também é Doutora em Arte Educação pela ECA-USP e Professora Titular Aposentada da UFU-MG.

Realizou inúmeras exposições individuais e coletivas no Brasil, Argentina, Chile, Cuba, Japão, China, Portugal, Espanha, França.

Instagram: @lucimarbellofrange

Vitória Kachar

blank

Artista visual, Psicóloga e doutora em educação, atuou em docência e pesquisa, com atravessamentos pelas artes. Desde 2006 participa de cursos em diversas instituições: Escola Panamericana, ABRA, ECA/USP, Instituto Tomie Ohtake, Instituto Adelina entre outros. Em 2019, passa a se dedicar exclusivamente às artes visuais, com acompanhamentos coletivos com Marcelo Salles, Paulo Galina, Renato de Cara, Renata Cruz, Nancy Betts e Márcio Harum.

Parte de indagações sobre a transitoriedade da vida, prescrutando memórias e revisitando fotografias e objetos familiares. A linha do desenho e a do bordado se fazem ferramentas para a sua expressão, assim como, a colagem na tridimensionalidade. Cada camada contribui na transcrição da experiência da memória e na sua reinvenção atualizada e expandida. Atualmente vive e trabalha em São Paulo.

Exposições coletivas: Monumento à Efemeridade Impermanência, Curadoria Paulo Galina, Ateliê Alê, 2022. E De 100 a 1000, Curadoria Rejane Cintrão e Nancy Betts, Galeria Tato, Espaço Ophicina, 2021.

Instagram: @vitoriakachar